Notícias

Voltar
11/08/2015
A importância da eficiência logística nos setores farma e cosméticos

O Brasil é o sexto maior mercado mundial em produtos farmacêuticos. Estima-se que, em 2016, essa colocação avance duas posições e o País passe a ocupar a quarta colocação no ranking, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão, de acordo com o levantamento da IMS Health e da Organização Mundial da Saúde (OMS). De olho nesse mercado, a Intecom Logística possui serviços voltados ao atendimento das grandes redes de farmácias, que envolvem toda a gestão de estoque e abastecimento.

Com um desempenho também muito positivo, o segmento de cosméticos cresce anualmente cerca de dois dígitos, no País. Praticamente imune à crise, estima-se que tenha apresentado crescimento de mais 10%, em 2014, segundo a consultoria Nielsen. Cada vez mais mulheres e homens preocupam-se com a beleza, o que deve manter aquecida essa indústria e, consequentemente, os serviços logísticos de distribuição, gestão e abastecimento, voltados ao setor.

Esses setores requerem capacitação e experiência do integrador logístico, dada a pulverização e a capilaridade dos pontos de venda, bem como a concentração de faturamento, nos últimos dias do mês. Ao focar as atividades de armazenagem, gestão dos estoques, processamento de pedidos e a distribuição de produtos na Intecom, empresas de cosmético e farma podem concentrar seus esforços em seucore business (inovação, produção e vendas).

Com 14 anos de trajetória, a Intecom Logística se especializou no atendimento a empresas de diversos setores, com destaque para os segmentos farma e cosmético. Com soluções completas e diferenciadas, a missão da empresa é realizar a gestão de todos os processos e etapas que envolvem a cadeia logística. 

Entre os clientes dos segmentos cosmético e farma, atendidos pelo integrador logístico, estão as farmácias do Walmart, em todo o Nordeste, a centenária Baruel (do segmento de cuidados com os pés e detentora de produtos distribuídos em mais de 160 mil pontos de vendas, em todo o País) e a Cless Cosméticos, referência em qualidade e inovação em produtos de beleza com suas marcas (Care Liss, Essenza, Charming e Lightner) e na categoria de tintura permanente em pó.

A armazenagem e a distribuição de cosméticos são processos que exigem uma gestão qualificada para não implicarem em elevação de custos para as empresas, sendo que quanto maior o tempo de parada do estoque, maior é o custo com capital de giro. “Esses setores requerem bastante experiência do integrador logístico. Por isso, efetuamos uma gestão próxima e efetiva para atender a cada uma das particularidades, desde o centro de distribuição até o ato da entrega da carga”, afirma o gerente Comercial da Intecom, Rodrigo Boniaris.

Entre os clientes dos dois setores, a Cless Cosméticos contratou a Intecom para a gestão de todo a cadeia logística. A operação é complexa, em função dos diversos pontos de venda abastecidos diariamente, em âmbito nacional. Ao concentrar as atividades de armazenagem, gestão dos estoques, processamento de pedidos e a distribuição de produtos na Intecom, a Cless conseguiu concentrar seus esforços em seu core business, o que gerou resultados positivos para a empresa.

Data: 11/ago/2015 Em: http://revistamundologistica.com.br/portal/noticia.jsp?id=2337